URGENTE: Ataque a tiros em mesquitas na Nova Zelândia deixa diversos mortos

0

Um ataque a tiros em duas mesquitas na cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, deixou diversos mortos nesta sexta-feira (15, noite de quinta no Brasil), de acordo com informações da imprensa local.

O comissário de polícia da Nova Zelândia, Mike Bush, afirmou que ocorreram “diversas mortes”, mas não confirmou o número de vítimas.

Segundo ele, um suspeito de ter participado da ação já está sob custódia das forças de segurança, mas outras pessoas podem ter participado da ação. Por isso, ele recomendou que a população fique em casa até que a situação seja completamente controlada.

“A polícia está respondendo com toda a sua capacidade para gerenciar a situação, mas o ambiente de risco continua extremamente alto”, completou ele.

“Mobilizamos todos os recursos policiais na localidade de Canterbury para responder a isso e também estamos no processo de mobilizar todos os recursos policiais nacionais para manter as pessoas seguras”.

“Quero pedir a qualquer um que estivesse pensando em ir a uma mesquita em qualquer lugar da Nova Zelândia para não ir, para fechar suas portas até que recebam um novo aviso”, disse Bush.

Testemunhas afirmaram que por volta das 13h30 local (21h30 de quinta no horário de Brasília) um homem vestido com trajes militares invadiu a mesquita Masjid Al Noor, no centro da cidade, e começou a atirar.

O atirador percorrido todas as salas do local, disparando contra os frequentadores, que tentavam fugir.  Mais de 200 pessoas estavam no local no momento que os tiros começaram, incluindo um time de críquete de Bangladesh, que conseguiu escapar.

Depois houve registros de tiros em uma segunda mesquita, que não teve o nome divulgado. A polícia não descartou a hipótese de que outros locais também tenham sido alvo de ataques.

O jornal britânico The Guardian afirmou ainda que um carro está sendo monitorado pela polícia sob suspeita de conter explosivos, mas a informação não foi confirmada até o momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *